Greenfield mira em 50 grupos e perdas de R$ 54 bi

Operação é líder no ranking de prejuízos detectados em esquemas de corrupção; investigação apura fraude em fundos de pensão e investimento Sem contar com a popularidade da Operação Lava Jato – que apura esquema de corrupção e cartel na Petrobrás –, a Operação Greenfield é, de longe, a que mais impressiona pelo volume de prejuízos, … Leia mais

Orcrim’s deixam rombo de R$ 123 bi. Metade nos fundos de pensão e 4x maior que Lava Jato

Organizações criminosas deixam rombo de R$ 123 bi Desvios. Dados da PF revelam prejuízo causado em 4 anos por grupos investigados em 2.056 operações; quase metade do valor está ligado a fraudes nos fundos de pensão Em quatro anos, a Polícia Federal deflagrou 2.056 operações contra organizações criminosas que provocaram prejuízos estimados em R$ 123 bilhões ao … Leia mais

Presidente da PETROS recebe o Discrepantes – S.O.S. PETROS

Em 8 de dezembro de 2016, o Presidente da PETROS recebeu uma representação do Discrepantes formada por Abdo Gavinho, Maria Alice Meirelles Vianna, Marilena Maçol Costa, Raul Correa Rechden e, Sérgio Salgado. Apresentamos, na oportunidade, a carta abaixo transcrita: Os  Discrepantes, se apresentam através de um site na internet, com uma base de aproximadamente 24.000 … Leia mais

Empresa de Palocci fechou pelo menos 44 contratos de 2007 e 2016

DASA – INVESTIMENTO PETROS EM QUE PERDEMOS MAIS DE R$150 MILHÕES RELEMBRE: http://discrepantes.com.br/6533-2/ A Projeto, empresa de consultoria do ex-ministro Antonio Palocci, fechou pelo menos 44 contratos entre 2007 e 2016, segundo documentos apreendidos pela Polícia Federal na 35ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “Omertà”. Os pagamentos mensais variavam de R$ 15 mil … Leia mais

O peso do AOR no balanço e o impacto dos PIDV’s no PPSP da PETROS

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Petros publicou ao final de agosto/2016, após a saída do Sr. Henrique Jäger da presidência da Fundação Petros, substituído pelo Sr. Wálter Mendes de Oliveira Filho, o Relatório de Atividades de Dezembro de 2015. Essa publicação só ocorreu após termos enviado representação à Previc e também ao novo presidente, o que nos leva a crer que havia sim, um responsável pela sonegação de informações.

Leia mais

Critérios Nebulosos + Alta Concentração + Baixíssima liquidez = Déficit explosivo na PETROS em 2015

(Clique na imagem para ampliar)
(Clique na imagem para ampliar)

 

Pessoas ligadas à administração de fundos de pensões, principalmente aqueles patrocinados por empresas estatais federais, têm se esforçado em demonstrar que os rombos atuariais espetaculares apresentados em seus planos de aposentadoria são consequência da conjuntura econômica adversa.  Nada mais falso.

Leia mais

ATENÇÃO – TCU acata denúncia e reforça auditoria na PETROS

O Grupo em Defesa da PETROS – GDP não é uma entidade formal com CNPJ, mas atuando com apoios e grande conhecimento dos problemas, este batalhão aguerrido, vem obtendo êxito em diversas iniciativas. Temos a obrigação de distinguir a liderança de Sérgio Salgado e sua abnegação e determinação na busca por justiça e reparação. Caros … Leia mais

Desfaçatez e indecência

Sérgio Salgado O cruel dessa manifestação é o expressivo conluio entre os gestores ineficientes e esses conselheiros eleitos, atingidos, estes últimos, na operação Itaúsa pelo Relatório final da CPI. Ao justificar o rombo absurdo que nossa fundação alcançou, insiste, da mesma forma como vem fazendo o Sr. Henrique Jäger, que o problema está fundamentado essencialmente … Leia mais

Investimentos Petros e as justificativas da diretoria

Sr. Presidente da Petrobrás, Pedro Pullen Parente Sr. Presidente da CPI dos Fundos de Pensão, Dep. Efraim Filho Sr. Relator da CPI dos Fundos de Pensão, Dep. Sérgio Souza Sr. Sub-Relator da CPI dos Fundos de Pensão, Dep. Marcus Pestana   Caros participantes, demais relacionados, Faço, abaixo, seguidas, três colagens de texto, retiradas do primeiro … Leia mais

PETROS, a conta do rombo não é no$$a!!!

1 – Caso Lupatech Em Lupatech a Petros investiu, em valores atualizados, o equivalente a R$540 milhões, computando o socorro de R$60 milhões concedido à empresa em novembro de 2011. O valor atual da carteira é de apenas R$80 mil, configurando virtualmente perda total. Em termos de rendimentos que a aplicação deveria proporcionar, as perdas … Leia mais

DASA – Henrique Jäger realizou prejuízo para enterrar nosso dinheiro em mais prejuízos. Suspeita Invepar

Caros participantes, boa tarde!!! Em abril de 2015 emiti a mensagem abaixo. Até o início deste ano, a Petros, tentou brecar a proposta da Cromossoma via CVM. Perdeu. Como era de se esperar, a Petros finalmente realizou o prejuízo, ao vender as ações DASA a R$ 10,50, neste início de fevereiro de 2016. Em 10/2/2014, … Leia mais

Relembre – ACREDITE SE PUDER – Petros recusou R$ 15 pela Dasa; venderá por R$ 10,50 na nova OPA? Administração Henrique Jäger

27/04/2015 A Cromossomo Participações pretende fazer uma nova oferta de aquisição das ações que não possui na empresa de diagnósticos Dasa, desta vez ao preço de R$ 10,50 por papel. Sem a menor explicação, a empresa controlada pelo fundador e ex-dono da Amil revela a intenção de comprar as 78.885.787 ações da companhia de diagnósticos … Leia mais

PETROS – Conselheiros apontam escolhas erradas e má gestão

MURILO RODRIGUES ALVES – O ESTADO DE S.PAULO 28 Novembro 2015 | 22h 00 Na avaliação do conselho fiscal, mais do que sofrer com a crise, Petros fez investimentos errados em ativos arriscados BRASÍLIA – O conselho fiscal da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobrás, sustenta que o déficit bilionário que deve ser … Leia mais

Previc reconhece a operação Itaúsa como irregular e apura o envolvimento dos gestores e conselheiros da Petros

Caros Conselheiros ‘Eleitos’ e demais aqui endereçados. Acompanhando as manifestações e as circunstâncias deste momento crítico vivenciado na nossa Petros, sinto-me na obrigação de transmitir pelo menos ao círculo restrito a análise feita sobre o episódio – triste e clamoroso – denunciado pela revista VEJA em que a Petros de viu envolvida. Mediante estas mesmas … Leia mais