TST dá prazo para Petrobras e sindicatos aceitarem proposta de mediação para acordo trabalhista

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O Tribunal Superior do Trabalho (TST) deu até segunda-feira para que Petrobras e sindicatos decidam sobre proposta de mediação a respeito das negociações sobre o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), diante de impasses enfrentados entre ambas as partes, informou a petroleira nesta quinta-feira.

Na proposta, o TST sugere que a mediação ocorra até 27 de setembro e os sindicatos se comprometamr a não fazer greve e comparecer às reuniões agendadas e a Petrobras a prorrogar o acordo coletivo de trabalho durante o período de mediação.

A mediação do TST foi pedida pela petroleira para tentar alcançar uma solução para o fechamento do acordo, uma vez que os funcionários têm rejeitado as propostas da empresa.

Nesta quinta-feira, os representantes da Petrobras e das entidades sindicais participaram da primeira reunião de trabalho e negociação, mediada pelo TST, segundo a Petrobras. Estiveram presentes também os representantes da Transpetro.

A empresa afirmou ainda que durante a reunião a Petrobras reafirmou "sua boa vontade e a sua boa-fé negocial demonstradas nos três meses de negociações diretas com os sindicatos".

No entanto, segundo a empresa, nas reuniões os sindicatos opuseram condições, dentre as quais a manutenção de seminário a ser realizado no sábado, que tratará de organização de greve.

(Por Marta Nogueira)

TST dá prazo para Petrobras e sindicatos aceitarem proposta de mediação para acordo trabalhista – Economia – Extra Online

https://extra.globo.com/noticias/economia/tst-da-prazo-para-petrobras-sindicatos-aceitarem-proposta-de-mediacao-para-acordo-trabalhista-23915284.html
https://m.extra.globo.com/noticias/economia/tst-da-prazo-para-petrobras-sindicatos-aceitarem-proposta-de-mediacao-para-acordo-trabalhista-23915284.html

Print Friendly, PDF & Email