Fórum de entidades de participantes da PETROS cerceia a justiça para quem não concordar. TRANSPARÊNCIA ZERO

José Lindolfo Magalhães

Enviado o e-mail abaixo para todas as entidades participantes do Fórum ampliado:

Assunto: Ata de 28/06/2019 do GT

Estimados e/ou estimadas:

Com base no teor da referida ATA, obtida por acaso, vez que as últimas atas não estão mais sendo distribuídas como era praxe, destaca-se o seguinte trecho:

16) As entidades sindicais e associações que discordarem total ou, parcialmente, dos itens anteriores se comprometem a não ingressaram com ações judiciais, contra a proposta do GT PETROS e qualquer outra que venha a prejudicar a sua Implantação, excetuando as ações de cobrança de dívidas das patrocinadoras com os atuais PPSPs.

Quero lembrar-lhes que a percepção que fica é de que o texto é indigno e revoltante, por ferir a “boa-fé” de filiados ou não, e associados, que tem em suas respectivas entidades, a certeza de que serão defendidos, incondicionalmente, independentes de suas opcões soberanas e pessoais, atuais e/ou futuras.

Por outro lado, desconheço a realização de assembleias ou de estatutos que possuam a determinação de poderes tão amplos a sindicatos e/ou associações.

Tendo tomado conhecimento de que no dia 9/7 serão realizadas reuniões para discutir assuntos relacionados ao PED e em continuidade ao que foi tratado em 28/6, apreciaria especial fineza de, numa atitude digna, e em linha com o teor da Carta Aberta de 10/6, reeditada duas vezes com novas subscrições, tendo a ultima 2.577 assinaturas, e em vias de novamente ser reeditada com outras novas adesões, que os imperativos éticos e morais (que estamos cobrando fortemente das patrocinadoras) prevaleçam de forma que este texto seja revisto, e seja reeditada nova ata.

E que as novas atas de reuniões do GT passem a ser divulgadas amplamente, de forma que não paire mais duvidas quanto às tratativas que estão sendo entabuladas (desnecessário lembrar que se trata de direito de todo participante e/ou assistido).

Atenciosamente,
José Lindolfo Magalhães
Advogado/Consultor – aposentado não repactuado, acompanhando atentamente os fatos juntamente com diversos grupos de WhatsApp

Print Friendly, PDF & Email