“Conta de padeiro” de candidato ao CD é corrigida pela Petros

O debate dos candidatos levantou questionamentos sobre a rentabilidade do Plano Petros 2 (PP-2) comparada com a caderneta de poupança. Para mostrar como o PP-2 tem sido competitivo – até porque seu patrimônio dobra mensalmente com a contrapartida da patrocinadora, preparamos uma comparação do rendimento do plano nos últimos anos com outros investimentos.

Na comparação com a poupança, por exemplo, o PP-2 levou grande vantagem nos últimos 10 anos. Desde que foi criado, em julho de 2007 até abril deste ano, o Plano Petros-2 acumulou rentabilidade de 160,14%. No mesmo período, a poupança registrou rentabilidade de 98,53%, segundo dados do Banco Central. Isso considerando apenas a contribuição do participante.

Quando consideramos as contribuições feitas pela patrocinadora, que dobram o depósito mensal do participante, o ganho que o participante teve no período foi equivalente a uma aplicação com rentabilidade de 420,28%. Este ganho total também é bem superior ao CDI, que rendeu 174,79% no período.

Gráfico PP-2 x Poupança

Confira aqui quanto o participante acumulou no PP2 nos últimos 10 anos:

PoupancaPP2

O PP-2 também tem rentabilidade compatível com outros planos de previdência. Veja alguns exemplos dos resultados anuais acumulados desde 2007:

Período PP2 BRASILPREV RF FIX VII BRASILPREV FIC Multi BRASILPREv Renda Total Caixa RF 300 Caixa RF 100 Caixa RF LP
2007 2,84% 3,94% 8,99% 4,00% 2,66% 3,50% 4,24%
2008 14,39% 15,62% -9,73% 15,80% 11,96% 15,16% 16,45%
2009 31,17% 27,32% 28,56% 26,77% 20,44% 26,36% 27,40%
2010 43,76% 40,07% 41,41% 38,76% 28,68% 37,71% 39,23%
2011 60,09% 56,50% 38,36% 54,78% 40,27% 53,11% 54,88%
2012 76,76% 72,29% 64,99% 69,43% 49,38% 66,36% 67,36%
2013 88,73% 81,07% 39,78% 78,62% 55,09% 76,18% 80,28%
2014 105,84% 99,52% 48,01% 96,72% 67,32% 93,87% 99,34%
2015 124,22% 123,84% 45,78% 121,29% 84,12% 117,59% 125,04%
2016 152,28% 154,86% 83,36% 151,21% 104,31% 146,33% 154,84%
2017/abr 160,14% 165,18% 96,40% 161,21% 110,90% 155,93% 164,63%

É importante destacar que o PP-2 é um plano sólido, solvente e encontra-se em plena fase de acumulação. Em 2016, registrou superávit acumulado de R$ 118,151 milhões, um crescimento de 127% sobre o ano anterior, devido à rentabilidade acima da meta atuarial e ao incremento das contribuições. O retorno dos investimentos praticamente dobrou em relação a 2015, proporcionando resultado líquido de R$ 1,576 bilhão. Com isso, o patrimônio do plano cresceu para R$ 14,453 bilhões, valor 30% superior ao registrado em 2015. Este crescimento ratifica o plano como o maior do país na modalidade Contribuição Variável, segundo a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp).

Print Friendly, PDF & Email