SOS FUNCEF – “QUEM MEXEU NO MEU DINHEIRO?”: #JOGOLIMPO

Peço licença para colocar Martin Luther King na nossa conversa daqui: “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.”

Quando EU me importo, o esforço parece infinito. Dei tudo por princípios e durmo bem à noite. Que fantástico, não basta mas me enche de satisfação, de missão cumprida!

Quando TU, VÓS, ELE ou ELES se importam, o problema não me diz respeito e a conta só vem ao final e ao cabo, certeira, sem piedade. Me omiti ou fui conivente? tanto faz! Dormi à noite? posso ter dormido por um tempo por ignorar e seguir adiante. Mas a conta chega. Acreditem, a conta chega!

Quando NÓS nos importamos…ah que bela governança! Somos uma nação. Olha que maravilha! Vem e vão as gerações, temos filhos, netos, um rol de bichanos felizes, legisladores e executivos compromissados, eleitores conscientes! Que Alice no país das maravilhas!

Eu faço parte do grupo que deseja ser uma NAÇÃO, que quer as questões, os vícios resolvidos, que reclama direitos e justiça, aguardo Alice chegar? pode ser, mas estou orgulhosa por ser assim e exerço direitos MARCANDO cada rostinho no VOTO das próximas eleições, nas redes familiares e de amigos. Vozes que se multiplicam e se mostram nas urnas.

Exercer o direito inegável é uma bela resposta!

Esconder as mazelas dos fundos de pensão resolveu o problema? me digam? claro que não! a conta chegou! Pagamos pelo rombo criado por atitudes inescrupulosas com o dinheiro público e particular dos participantes, confiando nas instituições e seus gestores, nas associações e sindicatos.

Agora, corremos na busca de soluções por intermédio do parlamento, legisladores e ministério público fazendo investigações para punir culpados.

Agora, articulamos associações para ações conjuntas na justiça contra os responsáveis e para apuração do valor estritamente devido por circunstâncias da conjuntura econômica, apartados da gestão temerária apontada pela Comissão Parlamentar de Inquérito.

Esconder que atletas se dopando resolve? claro que não! quem não viu a Rússia devolver medalhas e a proibição de vinda de atletas?

Agora, vivemos o momento em que esconder não pode ser a opção acertada!

Esconder que fiquei grávida dura os nove meses? claro que não! talvez no meu caso sim, porque não estou!

Esconder que gosto de azul, gostei do vermelho e que você continua gostando do vermelho resolve? não creio, mesmo que resolvesse…pra quê? se é possível aceitar gostos diferentes se não se trata do CERTO, do LEGAL, do MORAL?
Direitos humanos sim, algo impensável de ser negociado!

Desejo compor uma NAÇÃO!

http://sosfuncef.blogspot.com.br/2016/07/jogolimpo.html?m=1

Print Friendly, PDF & Email