header
Prezado explorer

PELO VOTO NOMINAL EM ASSEMBLEIAS DE SINDICATOS E ASSOCIAÇÕES PARA APROVAÇÃO DO NOVO PLANO DA PETROS

GT PED PETROS - Quem negociará o destino de mais de 70.000 famílias?

Nossos representantes no GT já foram responsáveis por defender e conduzir a aprovação da primeira repactuação, da cisão de massas, de descontos bilionários às patrocinadoras. Outros arrolados em processos na justiça, em CPI dos Fundos de Pensão. São esses, com um passado, no mínimo incompetente, que estão decidindo silenciosamente, entre 4 paredes o destino de mais de 70.000 famílias.
Leia mais

As ameaças da Petrobrás e o silêncio dos representantes sindicais no GT

É de extrema gravidade, para não dizer irresponsabilidade, que a Petrobrás torne pública uma proposta que, segundo se entende do anexo, teria sido construída a partir de discussões que vêm ocorrendo dentro do grupo de trabalho montado para isso, sem que os Sindipetros da FNP e da FUP, conselheiros eleitos e demais participantes desse GT, que chamaram para si, sem …
Leia mais

Petrobras Informa

GT do equacionamento da Petros avança nas discussões de eventuais propostas

Nesta etapa de trabalho, Petrobras apresentou estudos para estruturação de um novo plano. Entidades sindicais apresentarão suas propostas em reuniões que serão realizadas nas próximas semanas Nesta semana, o grupo de trabalho sobre o equacionamento do déficit do Plano Petros do Sistema Petrobras acompanhou a apresentação da companhia sobre os estudos preliminares para estruturar um novo plano a ser oferecido …
Leia mais

Petrobras tenta fazer mudança em plano de pensão

A Petrobras vai propor a migração voluntária dos participantes do atual plano de benefício definido (BD) da Petros, fundo de pensão dos funcionários da petroleira, para a modalidade de contribuição definida (CD), segundo fontes que acompanham o processo. A principal vantagem é que serão eliminados os descontos extraordinários para sanear os resultados negativos - o plano BD tem um déficit …
Leia mais

Déficit da Petros põe mais fervura no caldeirão da Petrobras

Em meio ao momento mais conturbado da gestão de Pedro Parente, uma bomba-relógio de R$ 27 bilhões que parecia desativada volta a ser motivo de apreensão na Petrobras. Segundo o RR apurou, a direção da Petros já trabalha com o cenário de suspensão do plano de equacionamento lançado no ano passado para cobrir seu rombo atuarial. O regime emergencial de …
Leia mais

Contribuição extra para Petros sofre enxurrada de ações na Justiça

Cerca de 20% dos empregados e aposentados de plano deficitário já conseguiram liminar suspendendo cobrança Ramona Ordoñez - 21/05/18 - 12h55 RIO- A Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, está recebendo uma enxurrada de ações na Justiça em várias regiões do …
Leia mais