Litel diz que prazo para depósito de R$4,5 bi em favor da Elétron foi prorrogado para 1º de outubro

SÃO PAULO (Reuters) – A Litel Participações informou nesta quarta-feira que o prazo para cumprimento de decisão judicial que determina o depósito de cerca de 4,5 bilhões de reais em favor da Elétron foi prorrogado para 1º de outubro e que nenhum acordo foi fechado até o momento.

A negociação diz respeito a uma disputa na qual a Elétron, do empresário Daniel Dantas, demanda a indenização da Litel –que reúne participações de fundos de pensão na Vale– e da Bradespar –braço de investimentos do Bradesco que concentra aplicações nas ações da mineradora.

Em comunicado, respondendo a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Litel disse que o adiamento do prazo para cumprimento da ordem judicial tem o objetivo de dar continuidade às negociações em andamento e "discutir a melhor forma de cumprimento da decisão judicial".

No início da semana, o diretor de investimentos da Petros, o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, Daniel Lima, confirmou que Bradespar e Litel estavam tentando chegar a um acordo sobre a disputa relacionada a ações da Vale com a Elétron.

(Por Flavia Bohone)

https://extra.globo.com/noticias/economia/litel-diz-que-prazo-para-deposito-de-r45-bi-em-favor-da-eletron-foi-prorrogado-para-1-de-outubro-23063459.html

Print Friendly, PDF & Email