Invepar: Prejuízo cresce 3 vezes no 2º trimestre, para R$ 192 milhões

SÃO PAULO – No segundo trimestre de 2018, a Investimentos e Participações em Infraestrutura (Invepar) registrou prejuízo líquido de R$ 192,1 milhões, um montante três vezes superior ante o mesmo período do ano passado.

Segundo a empresa, os gastos com atualização do valor presente (AVP) com a outorga do aeroporto de Guarulhos (GRU) e a piora do resultado financeiro explicam o resultado. De abril a junho de 2018, a despesa financeira líquida avançou 95%, para R$ 577,3 milhões.

Também na comparação anual, a receita subiu 4,7%, para R$ 1 bilhão.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado subiu 17,9%. para R$ 549,9 milhões. A margem Ebitda passou de 52,6% para 56,9%.

A greve dos caminhoneiros no fim do mês de maio trouxe impactos negativos para os resultados da empresa. O tráfego consolidado nas rodovias atingiu 54,8 milhões de veículos equivalentes pagantes (VEPs) no segundo trimestre, uma queda anual de 3,5%.

Já o segmento de mobilidade urbana atingiu 58,3 milhões de passageiros pagantes de abril a junho de 2018, uma alta de 3%.

O aeroporto de Guarulhos (GRU Airport) atingiu o número de 10 milhões de passageiros, crescimento de 15,1% ante 2017. O movimento de aeronaves subiu 13,8% e de carga teve uma expansão de 6,7%.

https://mobile.valor.com.br/empresas/5724943/invepar-prejuizo-cresce-3-vezes-no-2-trimestre-para-r-192-milhoes

Print Friendly, PDF & Email