Fundos negam exclusividade com CCR para venda de Invepar

SÃO PAULO – Naufragou a tentativa da CCR de fechar um acordo de exclusividade para analisar a Invepar, apurou o Valor. Os bancos que representam os fundos acionistas da companhia comunicaram hoje à CCR que abrirão um processo competitivo para atrair interessados na Invepar.

A Invepar é uma holding de infraestrutura dos fundos de pensão do Banco do Brasil (Previ), Caixa Econômica Federal (Funcef) e Petrobras (Petros) e da OAS. Busca há mais de um ano um parceiro que injete capital na empresa, atingida pela Lava-Jato (via empreiteira OAS) e pela recessão econômica.

Chegou a fechar um acordo de exclusividade com o fundo árabe Mubadala para a venda de controle, mas o acordo expirou em março e não foi renovado. A CCR, então, “entrou na fila”.

Originalmente à CCR interessam ativos de forma separada, já que ela e Invepar são veículos de infraestrutura — a CCR é dos grupos Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Soares Penido. A Invepar tem em seu portfólio importantes negócios de transportes, como o aeroporto de Guarulhos e o Metrô Rio. Mas a preferência da Invepar é vender uma fatia.

Nos últimos meses, a CCR chegou a considerar a possibilidade de olhar a holding. Contudo, nenhuma negociação avançaria sem uma exclusividade. A ideia da CCR era, uma vez assinado o acordo para avaliar o grupo, fazer uma proposta em dois meses.

Procurada, a CCR disse em nota que está atenta “às oportunidades de novos negócios em concessões, PPP e mercado secundário, no Brasil e no exterior”. E que, após captar quase R$ 4 bilhões no mercado, “está totalmente preparada, em busca de novas oportunidades de investimento que estejam alinhadas à sua estratégia e às rígidas regras de disciplina de capital que fazem parte de sua gestão.”

O Mubadala, por sua vez, permanece interessado na Invepar. O problema é que a situação operacional de alguns ativos da companhia se deterioraram desde que a empresa fez a avaliação inicial, portanto, o valor não seria o mesmo.

http://mobile.valor.com.br/empresas/5514813/fundos-negam-exclusividade-com-ccr-para-venda-de-invepar

Print Friendly, PDF & Email