Operação Fundo Perdido prendeu mulher de ex-deputado do PT

O Antagonista obteve em primeira mão os nomes dos presos da Operação Fundo Perdido, que apura fraude de R$ 270 milhões no Refer, fundo de pensão dos servidores da Rede Ferroviária Federal.

São eles: o presidente Marco André Marques Ferreira, o diretor financeiro Carlos de Lima Moulin, o coordenador de investimentos Silvio de Assis Araújo e a diretora de seguridade Tânia Regina Ferreira.

Tânia é mulher do ex-deputado federal Carlos Santana (PT-RJ), que é ferroviário. Ele é ligado a Marcelo Sereno, preso recentemente em outra operação contra fraudes nos fundo.

A gestão petista no Refer foi alvo de denúncia de desvios ainda em 2006, mas as investigações não deram em nada. Naquela época, o prejuízo era de R$ 36 milhões.

https://www.oantagonista.com/brasil/operacao-fundo-perdido-prendeu-mulher-de-ex-deputado-pt/

Print Friendly, PDF & Email