FNP recomenda não assinar abaixo-assinado do Discrepantes. A nossa resposta.

Atualizada às 10:15hs de 27/04/2018

Quanto ao abaixo-assinado, ele está no ar desde outubro de 2017, quando o PED estava para ser aprovado pela PREVIC e SEST.  VEJA AQUI

Em 4/12/2017, com 6.000 assinaturas, em retumbante manifestação independente de sindicatos, em frente ao edifício sede da Petros o abaixo-assinado foi entregue à Direção da Fundação.

Na última segunda-feira um participante que estava em Brasília em um evento social, teve contato com ministro Marco Aurélio do STF e nos pediu pelo WhatsApp que enviássemos urgente algum texto que desse um panorama dos problemas do PED.

Reunimos alguns textos já publicados no Discrepantes.com.br e enviamos, entre os quais estava o do abaixo-assinado.

Esse texto começou a circular novamente entre os grupos de mídias sociais e recrudesceu as assinaturas, estando hoje com 7.570 subscrições.

Consultado sobre a data do documento e se era válido continuar divulgando informei que sim e, que poderíamos vir a utilizá-lo novamente em alguma oportunidade.

Quanto ao valor dos 16,5 bi , Peço que leiam todo o texto do abaixo-assinado.

Equacionar pelo valor mínimo é um item. Hoje ele é de 16,5 bi. Se as patrocinadoras pagarem suas dívidas, se recuperar valores dos investimentos temerários, conforme está exigido no texto, certamente e legalmente, o equacionamento pelo valor mínimo não será mais os 16,5 bilhões.

Vale dizer que este texto não é uma petição à justiça e nem reúne características para ser usado como prova na justiça. Ele é sim uma manifestação de ativismo social.

Estranho a atitude da FNP recomendando não subscrever o abaixo-assinado, pois seus representantes no Conselho Deliberativo da Petros tiveram atitude de cunho legal que muitos nos prejudicaram: ASSINARAM, UNANIMAMENTE, O TAC COM A PREVIC QUE PERMITIU A PETROS EQUACIONAR PELO MÁXIMO. OU SEJA, DOS 16,5 BI PARA 28 BI.

ISSO SIM FOI GRAVOSO PARA OS PARTICIPANTES DA PETROS. A ASSINATURA DELES NO TAC COM A PREVIC PERMITIU A PETROS COMETER UMA SELVAGERIA CONTRA NÓS.

Por fim, quem desejar excluir sua assinatura do abaixo-assinado, ao final do email de confirmação tem a opção UNSUBSCRIBE.

Abdo Gavinho
Editor e Webmaster de
Discrepantes.com.br

PS: Segue em anexo cópia do Diário Oficial de quem assinou o TAC com a PREVIC que permitiu a Petros equacionar pelo máximo. A FNP e a FUP deveriam sim, sérias e objetivas explicações por que assinaram a nossa pena de morte, já que existem entre nós casos de enfartes e suicídios, com alegadas causas que contribuíram a tamanha selvageria, implementada com a assinatura dos CONSELHEIROS ELEITOS em documento oficial.

Print Friendly, PDF & Email