Grandes fundos de pensão internacionais devem investir na Vale

Segundo presidente Fábio Schvartsman, mudança da empresa para Novo Mercado da B3 eleva suas práticas de governança corporativa

SÃO PAULO – A Vale deverá começar a ver, em sua base de acionistas, grandes fundos de pensão internacionais devido à migração das ações ao Novo Mercado, segmento de mais elevadas práticas de governança corporativa da B3. A afirmação foi feita pelo presidente da Vale, Fábio Schvartsman, que disse ainda que alguns desses investidores já começam a entrar. Esses players têm restrição para investir em companhias sem um patamar de governança corporativa.

ctv-z0w-fabio-schvartsman alex-silvaO presidente da mineradora Vale, Fabio Schvartsman Foto: Alex Silva/Estadão

O executivo disse ainda, em conversa com jornalistas, que a companhia passa a ter mais liquidez com esse movimento. Segundo ele, a Vale termina o ano de uma forma diferente do que concluiu 2016 e a ida ao Novo Mercado é uma marca da nova fase da companhia. “Esse marco representa a Vale mais rentável e em um processo rápido de desalavancagem”, disse.

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,grandes-fundos-de-pensao-internacionais-devem-investir-na-vale,70002128762

Print Friendly, PDF & Email