Ao Presidente da Petrobras: SEJA QUENTE OU SEJA FRIO – NÃO SEJA MORNO

Exmo. Presidente                                                                               30 de agosto de 2016
Sr. Pedro Pullen Parente

Na mensagem abaixo, dentre as considerações apresentadas, traz uma iniciativa muito importante que é a responsabilização e comprometimento de toda a Diretoria, logo, também concluo que todos os que estão na cadeia Gerencial, de executivo a setor, terão as mesmas obrigações e responsabilidades.

Somente aos que assistiram e apoiam os devaneios, miopia e mirabolações da  Presidente afastada, no dia de ontem (29/08/2016) podem acreditar que a PETROBRAS está em uma situação confortável e lucrativa.
Provavelmente, assim deve pensar o Sindicato e Federação ao pedir um reajuste de 19%. Mostra a falta total de comprometimento com os Empregados e com a Companhia.
Na verdade, querem apenas buscar motivos para se contraporem ao atual Presidente da Petrobras e ao Presidente Interino da República. Ao longo de todos estes anos (treze), agiram por pura e simples política, sem nenhuma conotação com a Nação e a  PETROBRAS. Dissociados totalmente dos verdadeiros interesses dos Trabalhadores.

Qual o verdadeiro interesse do PETROLEIRO neste momento? Esta é a pergunta que deve ser feita.
Tenho certeza que é manter o nível de emprego e remuneração, que nos leve de forma segura e com os nossos familiares, para sobrevivermos a este Tsunami, criado pela irresponsabilidade, incompetência e ganância pelo poder.

Na verdade, ao longo destes 13 anos de Governo do PT e seus assemelhados, quem lucrou nos acordos e benefícios outros concedidos, foram os Diretores e todos os Gerentes, passando pelos executivos até o mais simples gerente de setor.
Não esqueçamos as indicações de Consultores e até mesmo algemas de ouro. Foi ao longo dos 13 anos uma farra do boi. Promoções gratuitas e sem competência, criação de diversas gerências desnecessárias, premiações de 2 e 3 níveis, sem contar com as perseguições aos que enxergavam há de muito tempo, que tudo isso ia terminar no que aí está.

Presidente,
‘Seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito’. Apocalipse 3:15-16

O exemplo da liderança parte das suas próprias ações. Em tua mensagem somos instados a pensar e a enxergar a realidade como ela é, por isso, teremos de apertar o cinto e contribuir.
Em contrapartida, por termos 13 anos anos em que o corpo Gerencial mais se beneficiou e beneficiou-se, agora é o momento do exemplo maior:
– A Alta Direção deveria congelar seus vencimentos por no mínimo dois anos e assim mostrar a seriedade das suas intenções.
Suspensão para a Diretoria das bonificações e redução da PLR,  quando houver, à metade do que era antes calculado;

Reajuste integral da inflação do período, para todos os Petroleiros.
Esta nossa contribuição, visa também frear ao máximo, as demissões dos colegas Petroleiros Contratados.
Não podemos colocar na rua uma massa de trabalhadores sem eira nem beira.

Quanto à greve, não se justifica no momento em hipótese alguma. pois sob o argumento de lutar por um acordo coletivo para os Trabalhadores, os Sindicatos e Federações querem, como já disse, fazer oposição ao Governo atual, ainda mais se a Presidente afastada sofrer o impeachment.
Quanto a argumentação de defesa da PETROBRAS, tentam nos enganar, eles nos levaram a esta desgraça (termo mais adequado) e durante todos estes anos se preocuparam apenas com as Diretorias e os cargos de Gerentes.

Antes que esqueça, nada tenho a ver com o Presidente Interino, seu partido e suas propostas, entretanto, a recuperação da PETROBRAS, passa por uma nova Gestão, com a mudança total do quadro Gerencial que serviu aos governos passados.

Faça Presidente o que prometestes. Não deixe a política e os políticos indicarem os Gestores.
‘Ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso’. Nizan Guanaes

P.S. Esta correspondência possui inúmeras cópias ocultas.

Atenciosamente,

OSCAR CEZAR FERREIRA MAGALHÃES
Geofísico Sênior
Uo-Ba/Engp/Cer

Print Friendly, PDF & Email