O Procurador Geral da República Rodrigo Janot em 13/03/2015

Brava Gente

Os “homens de bem não se quedarão inertes” e que “os cidadãos que pagam impostos e que cumprem com seus deveres cívicos saberão, nessa hora sombria e turva da nossa história, distinguir entre o bem e mal, entre aqueles que lutam por um futuro para o País e aqueles que sabotam nosso sentimento de nação”.

Print Friendly, PDF & Email