O vice que explodiu.

O relacionamento entre Dilma Rousseff e Michel Temer atingiu um nível inédito de tensão.

Na quarta-feira passada, Temer pediu uma conversa com Dilma para comunicar – esse foi o termo usado por ele – que ela não contava mais com os seus serviços para apagar os incêndios na relação do governo com o PMDB e a base aliada.

A gota d’água para o comunicado de Temer a Dilma foi a sua exclusão das reuniões com líderes partidários.

Temer chegou ao limite que consegue suportar e resolveu agir para buscar sua sobrevivência dentro do próprio PMDB, onde seu prestígio vem sendo minado por não ter qualquer poder decisório no governo. Para o PMDB, líder é quem resolve.

Assim, Renan e Cunha começaram a ganhar terreno.

Print Friendly, PDF & Email