A Mela Jato segue em ritmo frenético

Brasil 16.02.2015

O Antagonista acompanha de perto a Operação Mela Jato do PT. Acabamos de ser informados, com exclusividade, que as negociações entre a empreiteira Camargo Corrêa e a Controladoria-Geral da União, para o fechamento de um acordo de leniência, andam em ritmo frenético, com a aprovação praticamente automática do Tribunal de Contas da União.

Só para lembrar, por esse tipo de acordo, as empreiteiras, na pessoa jurídica, passam ao largo do juiz Sergio Moro, reconhecem os crimes, pagam uma multa e podem continuar a fazer contratos com o governo. Ou seja, não correm o risco de falir e têm como convencer, com milhões de argumentos, os executivos que estão presos a segurar a onda e preservar os maiores responsáveis pela lambança do Petrolão: Lula e Dilma.

Que o juiz Sergio Moro já tenha bala na agulha suficiente para disparar contra os chefões do maior esquema de corrupção da história do Brasil e, que o Ministério Público Federal encontre um modo de melar a Operação Mela Jato do PT.

Print Friendly