Frenagem autônoma pode ser obrigatório

Tecnologia que identifica obstáculos e aciona freios será incluída em lista do programa de segurança nos EUA.

O secretário do Departamento de Transporte dos Estados Unidos, Anthony Foxx, anunciou a intenção de tornar o sistema de frenagem automática de emergência obrigatório em veículos, incluindo o item na lista do Programa de Avaliação de Carros Novos, ou New Car Assessment Program (NCAP).

Na prática, a inclusão na lista candidata a tecnologia que identifica obstáculos, outros carros e pedestres à frente do veículo e aciona o sistema de freio, difundida atualmente por marcas premium como Volvo e Mercedes-Benz, a ser item obrigatório nos veículos, a exemplo de outros recursos de segurança como freios ABS e conjunto de air bags.

O sistemas incluem, na verdade, duas funções, a frenagem automática em risco de colisão e suporte de frenagem dinâmico – esta última identifica quando o motorista não está acionando o freio de maneira suficiente para a parada de acordo com a velocidade e distância do obstáculo.

A ideia inicial, porém, é que os itens não sejam obrigatórios, entretanto mencionados no site da entidade que contabiliza os acidentes naquele país, contando como pontos positivos para os modelos com a tecnologia, incentivando os consumidores a optarem por esses carros na hora da compra e consequentemente o aumento no interesse de montadoras de equipar os veículos com a tecnologia.

Tecnologias variantes, como os avisos sonoros de colisão dianteira e de saída de faixa, por sensores e câmeras de retrovisor, também devem ser incluídos no pacote de recomendações do departamento. Ainda não há data prevista para a inclusão dos itens no site da NCAP, mas já é um primeiro passo para a obrigatoriedade dessas tecnologias.

Print Friendly, PDF & Email